3 de agosto de 2020 (segunda-feira), completou três anos desde que Neymar trocou o Barcelona pelo PSG. O brasileiro deixou o Camp Nou em um acordo de € 222 milhões (pouco mais de R$ 1 bilhão na cotação atual). A transferência mais cara da história do futebol.

Três anos depois, Neymar passou por muita coisa. Sofreu lesões, foi vinculado ao Barça em algumas especulações e marcou 74 gols em 85 partidas (incluindo amistosos) pelo gigante parisiense.

“Cada partida na Liga dos Campeões é uma final. É assim que eu vejo. Estamos entrando em campo para vencer. O time está confiante e unido. Naturalmente, essa confiança e unidade se refletem na minha forma, que eu estou muito satisfeito. É tudo. Se todo mundo trabalhar duro e em equipe, isso nos permitirá ganhar troféus.

Esses três anos foram cheios de experiências. Tive alguns momentos felizes e difíceis, principalmente quando não pude jogar devido a lesão. Com a ajuda dos meus companheiros de equipe, consegui superá-los e me concentrar no que é importante para nós. Estamos todos, trabalhando duro em campo para trazer títulos para este clube. Nossos torcedores e clubes podem ver em nossas apresentações o quão comprometidos estamos em todos os jogos.

Acredito que estou na melhor forma desde que cheguei a Paris. Somos uma família que compartilha o mesmo sonho: queremos vencer a Liga dos Campeões nesta temporada. Vamos lutar por isso porque nunca estivemos assim perto de ganhar a competição.” Refletiu o brasileiro.

Leia também:

Carles Pérez: “Eu não merecia ser vendido pelo Barcelona”

Barcelona volta aos treinos com Griezmann e Dembélé

Jornal revela o clube que fez a enorme proposta por Francisco Trincão

West Ham avança nas negociações por Martin Braithwaite

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui