Philippe Coutinho chegou no Barcelona em 2018 por 160 milhões de euros (cerca de 1 bilhão na cotação atual) porém não estava conseguindo apresentar no Camp Nou o futebol apresentado em Anfield.

Contudo, após sua boa atuação na vitória do Barça por 3 a 0 sobre o Celta de Vigo pela La Liga, os principais jornais esportivos esphanóis, como Marca, Sport e o Mundo Deportivo, tiveram que reconhecer que Coutinho voltou do Bayern de Munique, onde conquistou a Liga dos Campeões, com o mesmo futebol apresentado no Liverpool e, atribuíram ao novo técnico dos Culés, Ronald Koeman, esse feito.

“Koeman encontrou a posição ideal para ele, na qual ele se sente livre para criar, arriscar e empurrar o time”, elogiou o jornal Sport.

“Com muita mobilidade, tem vontade de se sentir importante. Participou da jogada do gol, deu uma caneta com classe, um chute na trave… Não é o Coutinho que saiu. Trabalha, joga e chega para chutar. Muito provavelmente, o melhor do Barça”, escreveu o Marca.

“Cada vez com mais confiança, assumiu o peso do jogo e quase todas as bolas da fase ofensiva passaram por seus pés.

Não lembra em nada o Coutinho da 1ª passagem pelo Barça, e finalmente está rendendo o que se esperava quando ele foi contratado”, apontou o jornal Mundo Deportivo.

LEIA TAMBÉM:

Barcelona x Sevilla: Veja aonde assistir ao vivo

Liverpool quer mais uma variável por Coutinho

Miralem Pjanic reage ao sorteio do Barcelona na Liga dos Campeões

Barcelona aceita proposta do Fulham por Todibo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui