Sergio Aguero queria e quer estar no Barcelona. Em entrevista ao El País, o atacante reafirmou seu desejo de ter sucesso em Camp Nou, rejeitando qualquer sugestão que ele lamenta ter assinado no início da temporada. Nem depois da saída do amigo Lionel Messi.

“Sejamos honestos, que jogador não quer jogar no Barça? Eu diria que a maioria dos jogadores gostaria de usar essa camisa, esteja o Barça bem ou não. Cheguei com a expectativa de jogar com o Leo e isso estava a formar-se uma boa equipa, que era o que o clube procurava fazer. Quando me chamaram pensei: não me interessa quanto me paguem, vou ajudar a equipa no que puder “, disse Aguero.

Ao saber que Messi iria embora em agosto, acrescentou: “Foi um momento de choque. Ele estava realmente lutando. Quando descobri não pude acreditar. Naquele sábado fui vê-lo em sua casa. E, devido ao meu personalidade, porque vi como ele era, tentei fazê-lo esquecer o que tinha acontecido. Tentei distraí-lo falando sobre a minha equipe de eSports. “

Aguero estreou pelo Barça em um amistoso, marcando no empate de 2 a 2 contra o Cornella, mas ainda não se considera titular do clube?

“Você só pode se considerar um titular quando faz bem as coisas e ajuda o time. Se não, não. É assim que eu penso, ajudar o time com um gol sempre que posso jogar. Já pensei muitas vezes no que estou perdendo. E um dia perguntei ao Léo. Ele me disse que para ganhar a Bola de Ouro, você tem que ganhar a Champions League. E ele está certo. Tive ótimas temporadas, marquei muitos gols e ganhei muitos troféus, mas nunca estive na final da Champions League. “

Leia Também:
Barcelona segue monitorando José Luis Gayà lateral do Valência
Oficial: Pedri assina acordo com o Barcelona até 2026
Barcelona e Atlético de Madrid brigam por Alessio Romagnoli, zagueiro do Milan
Vice-presidente do Barcelona descarta a contratação de Erling Haaland

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui