Na sexta-feira, Emili Rousaud, ex-vice-presidente do Barcelona afirmou em entrevista ao jornal francês L’Équipe que o retorno de Neymar é possível.

“O retorno de Neymar é possível. O coronavírus causará uma deflação do mercado e a maioria dos clubes terá dificuldades financeiras. O Barcelona deseja efetivamente o retorno de Neymar. Será necessário analisar se essa operação se enquadra nas finanças do clube. O interesse é real, embora seja complexo”, disse.

Emili Rousaud ainda disse que do que depende a volta do brasileiro à Catalunha.

“Há três partes envolvidas: Barcelona, PSG e o jogador. Se os três buscarem um acordo, encontrarão a solução: um pagamento fracionado, por exemplo. Tudo vai depender da boa vontade de cada um e, principalmente, das exigências de Neymar.”

Emili Rousaud e outros cinco diretores renunciaram seus cargos no clube catalão, dizendo que haviam metido a mão no caixa do clube e que eles não poderiam ser coniventes.

LEIA TAMBÉM:

Lazio pediu R$ 230 milhões para ceder brasileiro ao Barcelona

Quique Setién diz que é mais lógico entregar o título para o Barça

Vazada quarta camisa do Barcelona para a próxima temporada

Jorge Jesus exalta os talentos de Messi e CR7

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui