O relacionamento de Ronald Koeman e Joan Laporta parece estar muito além do conserto, e outro incidente surgiu nesta segunda-feira (04).

O técnico do Barça e ex-técnico da Holanda deveria dar uma entrevista ao HLF8 durante a pausa internacional, mas o convite foi rejeitado.

Vários meios de comunicação holandeses disseram que Koeman concordou com a entrevista na última quarta-feira, mas Laporta interveio e se recusou a permitir que ela fosse em frente, levando Koeman a recusar o pedido. O acordo teria sido feito para Koeman dar a entrevista, quer ele tivesse ou não sido demitido pelo Barça na época.

Mas Laporta informou ao seu treinador que não tinha permissão para falar com a imprensa holandesa. A jornalista Barbara Barend era a pessoa que deveria dar a entrevista, e ela quebrou esta última história do relacionamento bizarro de Koeman e Laporta.

Pensava-se que o treinador seria demitido após a derrota para o Atlético de Madrid, mas Laporta falou antes do jogo para garantir que o holandês manteria o cargo independentemente do que acontecesse na capital espanhola.

LEIA TAMBÉM:
Simeone: “Koeman mostrou muito caráter e desejo-lhe o melhor”
Barça entra em contato com Marcelo Gallardo para substituir Koeman, segundo jornal
Barcelona e Real Madrid disputam a contratação de Youri Tielemans, do Leicester City
Barça entra na briga pela contratação de Antony

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui